Blog

5 sinais de que está preparada para cortar o contato com a mãe narcisista

Quando a percepção de família evolui como resultado da descoberta da verdade narcisista e expande-se para muito além dos chavões do senso comum tais como “Mãe é mãe” e “Família é tudo”, por exemplo, é natural para a vítima de abuso narcisista considerar a possibilidade de cortar contato com o seu gatilho número um: a genitora tóxica. Se necessita de ajuda para avaliar se está de fato disposta a tomar esta decisão, elenco 5 sinais de que está preparada para cortar o contato com a mãe narcisista:

5 sinais de que está preparada para cortar o contato com a mãe narcisista
Você tem o direito de dizer não ao abuso

1- Você está exausta de se sentir responsável pelo modo como os outros sentem: filhos e filhas de pais tóxicos são comumente codependentes, ou seja, colocam sentimentos, vontades e interesses dos outros na frente dos seus. Se já está consciente deste fato e se esforça para mudar isto, você está com uma predisposição favorável a priorizar o próprio bem-estar e iniciar o contato zero.

2- Você está exausta de se preocupar com o que os outros pensam: enquanto o emocionalmente dependente apresenta tendência à ansiedade, coloca a atenção no outro para criar um senso de direção e sabota a própria realização pessoal no processo; o emocionalmente maduro considera a opinião do parente, amigo, vizinho, colega etc. de forma centrada, ou seja, refletindo e levando em consideração quando esta lhe favorece – na maioria das vezes.     

3- Você está ciente de que a culpa que sente faz parte do processo de distanciamento: os filhos e filhas de mães narcisistas que conseguem superar a fobia às emoções negativas e contextualizá-las de acordo com a sua história de abuso e trauma, não permitem que estas os paralisem, mas lidam com elas de forma equilibrada, vendo-as como sintomas da manipulação e chantagem emocional as quais foram expostos por longos anos.

4- Você se vê como a expert da própria vida: a sobrevivente que consegue superar os efeitos de seu trauma é aquela que tem o próprio eu como o guia mais influente e sábio. Só você realmente sabe o que é sofrer abuso de uma mãe tóxica e ser negligenciada por um pai facilitador, portanto, é a única que possui verdadeira experiência e conhecimento para saber tanto o que compromete como o que promove o seu desenvolvimento pessoal.

5- Você confia nos seus sentimentos: se já superou os efeitos de anos de gaslighting e abuso da verdade, e acredita na sabedoria do próprio corpo – o qual não é facilmente corruptível como o pensamento – e segue a sua direção com consistência e comprometimento, ciente de que não há necessidade de explicar as próprias decisões, inclusive aos familiares.

Diferente do que é defendido pelos valores rígidos da família disfuncional e tóxica, o amor é fluido e independe de laço sanguíneo, portanto, é possível, sim, ser feliz e realizar-se como pessoa quando se corta o contato com qualquer indivíduo tóxico – inclusive a própria genitora. Recomendo o meu livro Prisioneiras do Espelho, Um Guia de Liberdade Pessoal para Filhas de Mães Narcisistas, no qual incluo dicas práticas de como cortar o contato a mãe narcisista; caso concorde comigo e esteja disposta e revolucionar a própria vida de maneira corajosa e inovadora. Se já leu o Prisioneiras… e necessita de ajuda para processar o luto desta perda, também sugiro o meu curso online: Como fazer o luto da mãe narcisista de forma orgânica.

One comment

  1. Mara disse:

    – Gratidão, Michele , por compartilhar seus conhecimentos de forma tão amorosa.

Deixe uma resposta

Scroll to top