Você está sendo usada

sinais de que você está sendo usada
Aprenda a identificar os sinais de que você está sendo usada por sua mãe narcisista.

Você está sendo usada e você se sente usada. Chegou a hora de honrar seus sentimentos. 

É doloroso cogitar a possibilidade de que, provavelmente, você está sendo usada por sua mãe narcisista. Ainda mais angustiante, contudo, é admitir que isto esteja de fato acontecendo. Por mais que esta ciência lhe faça sentir abandonada e solitária, não há nada mais gratificante do que dar um basta ao abuso e desfrutar dos benefícios de uma atitude adulta e afirmativa.

Para que você passe a dar valor a si mesma e a viver de acordo com a sua cabeça, faz-se vital identificar e entender suas reações mais típicas em face do abuso narcisista de sua mãe. Como regra geral, no entanto, se você se sente usada pelo ego gigantesco dela, é porque as chances de ela estar se prevalecendo de você e de que você está sendo usada são verdadeiramente grandes.

Se você necessita de mais confirmação, seguem cinco sinais de que você está sendo usada por sua mãe narcisista:

1- As suas vontades não são levadas a sério

Exemplo: A sua mãe quer que você a acompanhe a uma visitinha a seu shopping center favorito. Você não está com a mínima disposição, pois teve uma semana supercorrida e precisa muito de um descanso. Após tanta insistência, todavia, você acaba cedendo, mas com uma condição: que a visita não dure mais do que uma hora e meia. Mesmo concordando, já no shopping a sua mãe arrasta você de loja em loja por quase três horas, alegando estar indecisa sobre o que comprar. Quando você reclama dela não estar cumprindo com o combinado, ela a chama de “estraga prazer” e continua a sua busca sem se abalar. Cansada e de saco cheio, você se recolhe e a segue ao redor da loja de departamentos como uma ovelhinha perdida.

Quando contrariada, a mãe narcisista tem o hábito de invalidar as opiniões e desejos da filha, como se fossem nada mais do que exigências descabidas de uma criança revoltada. Por ser dissimulada e desonesta, até quando parece reconhecer e respeitar a vontade da filha, acaba fazendo somente o que quer e inventando desculpas ou usando de mais verdades para justificar sua atitude.

2- Você se sente pressionada a mudar seus planos

Exemplo: A sua mãe quer ir com você para a sua casa de praia recém-alugada. Como a casa é em uma área central, mas muito pequena, pede desculpas mas recusa o pedido. “Desconsolada”, a sua mãe começa então a choramingar e reclamar de como sente falta da sua companhia e de seus filhos e de que será horrível passar um verão sozinha “em uma cidade fantasma”. Comovida pela aparente dor e desespero dela, resolve levá-la com você. Quando você comunica a seu marido a novidade, ele fica furioso e se recusa a passar as férias em clima de acampamento com sua sogra narcisista. Para remediar a situação e conseguir agradar a todo mundo, decide entrar em contato novamente com a imobiliária para tentar encontrar uma casa maior, mesmo que mais distante do local inicialmente desejado, afinal de contas, “ela é sua mãe”.

A dinâmica do relacionamento entre a filha e a mãe narcisista é marcada pela chantagem emocional e por um senso de obrigatoriedade e dever por parte da primeira. Por ter uma mãe egoísta e egocêntrica, o discurso da filha é dominado por “tenho/tive que” quando se refere ao relacionamento e ao convívio com ela. Possui uma tendência a acreditar que seja responsável pelo bem-estar da própria mãe, independente do efeito que isto produza nas outras pessoas em sua vida, como filhos e parceiros amorosos, assim como nos relacionamentos que mantém com as mesmas.

3- As suas decisões são motivadas pela culpa

Exemplo: A sua mãe está com o pulso imobilizado, pois se machucou enquanto reorganizando “a bagunça da garagem”. Como está prestes a receber convidados para o fim de semana, pede a você que a ajude a terminar com a arrumação antes deles chegarem. Você pede desculpas, mas recusa o pedido por ter de fazer hora extra no trabalho para cumprir com a data de finalização de um projeto, mas reitera que estará disponível daqui a duas semanas. A sua mãe narcisista, reagindo de forma dramática e exagerada, dispara, “Tudo é mais importante para você do que ajudar a mãe, mesmo quando ela está debilitada fisicamente! Eu não tenho ninguém para me socorrer, nem neste estado!” Você, sentindo-se culpada por não poder auxiliá-la neste “momento tão difícil”, desdobra-se em duas durante uma semana para que a sua mãe “não passe vergonha” na frente dos amigos.

A mãe narcisista usa de todos os recursos disponíveis para persuadir os outros a fazerem o que quer, exatamente como e quando deseja. Entre as táticas mais usadas, estão a chantagem emocional e as encenações de autopiedade. Sabe exatamente o que dizer para provocar um efeito dramático e apelar para a simpatia e compaixão da filha, conseguindo, na maioria das vezes, fazê-la sentir-se responsável por problemas, aspirações ou planos que não são seus.

4- Você acaba não fazendo o que quer

Exemplo: Como a casa da sua mãe está sendo dedetizada, pede para passar o fim de semana com você. Você concorda, mas avisa que não estará em casa no dia de sábado, pois tem o aniversário de sua afilhada. Na sexta-feira, a sua mãe anuncia animada que reservou uma mesa para vocês duas naquele restaurante “que a gente adora” para o dia seguinte. Você a relembra de que terá um dia longo e que, provavelmente, não terá tempo ou energia para encaixar também um jantar. A mãe narcisista, então, rebate: “Eu sei, é por isso que fiz uma reserva para as 8 da noite, você não precisa passar o dia todo na casa da Paula, né? Pode passar um pouquinho de tempo com a mamãe.” Sentindo-se compelida a aceitar o convite para satisfazê-la, sai do aniversário mais cedo para buscá-la, cansada e chateada consigo mesmo por nunca conseguir dizer não.

Quando a mãe narcisista quer alguma coisa, ela consegue, independentemente do impacto que seus desejos e objetivos tenham nos outros. Visto que se centra exclusivamente em si, não tem empatia ou consideração pelo sacrifício ou sofrimento alheios, desde que seus desejos sejam atendidos de uma maneira ou de outra. Por ser persistente e determinada a fazer valer apenas suas vontades, vence, sempre.

5- Você se arrepende de suas decisões

Exemplo: A sua mãe quer fazer um website para promover seu negócio. Como não tem conhecimento algum sobre o assunto, pede que você a ajude, pois possui certa experiência. Antecipando problemas, diz que é melhor que contrate um profissional, já que o trabalho exige tempo e dedicação que você não pode oferecer. Sua mãe então lhe garante que “só precisa de algo bem simples” e que você pode ajudá-la quando tiver tempo. Após uma longa negociação repleta de lamúrias e queixas da sua “falta de apoio” as tentativas da mãe de prosperar no mundo dos negócios, acaba concordando. Naturalmente, “algo bem simples” se transforma em um grande comprometimento assim que a sua mãe se encanta com as inúmeras possibilidades de web design. Passa a incomodar você diariamente com perguntas e “sugestões criativas”, mesmo nas suas horas de trabalho ou de descanso com a família. Sentindo-se usada e impotente, você se repreende por ter se permitido cair na armadilha da sua mãe narcisista, pela milionésima vez.

Porque você quer tanto acreditar na bondade e no amor de sua mãe, você faz de tudo para agradá-la. Permanentemente carente de estima materna, submete-se ao seu querer para sentir-se aceita e “amada” por ela. Contudo, o afeto dela é inteiramente condicional e precisa ser negociado para ser obtido. Usando seu amor-próprio como moeda, você rejeita seus limites e investe em sacrifícios majestosos para contentá-la, os quais resultam em decepção e desapontamento pessoal. Estes sentimentos negativos a comunicam que você está sendo usada.

Para acessar uma tarefa de terapia sobre sinais que você está sendo usada, clique aqui